Pronúncia

Pronúncia em Inglês

Inteligibilidade é garantia de fluência, compreensão e comunicação oral eficientes. Em qualquer idioma.

Ter boa pronúncia não significa falar inglês com sotaque britânico ou americano. Nem espanhol com sotaque da Espanha ou da America Latina; nem português com sotaque brasileiro ou lusitano. Ter boa pronúncia significa falar com inteligibilidade: uma palavra longa e difícil, por esta razão batizamos os cursos de pronúncia e inteligibilidade da Summit for Teachers de Accent Reduction Courses.

Para capacitar nossos alunos a terem proúncia inteligível, e para ensinar professores a fazerem o mesmo com seus alunos, a Summit criou três cursos de pronúncia que aumentam a inteligibilidade de todos os que fazem diligentemente esses cursos.

Conheça abaixo os três cursos de pronúncia da Summit for Teachers e depois, comece a explorar aqui mesmo em nosso site um pouco mais sobre pronúncia, inteligibilidade, fluência e comunicação eficiente em língua estrangeira.

Curso Introdutório de Pronúncia | Accent Reduction Introductory Pack

  • Porta de entrada para o mundo da pronúncia

    O Introductory Pack é pré-requisito para quem vai começar a fazer o curso regular de Accent Reduction da Summit For Teachers. Porém, é também a porta de entrada para quem quer começar a descobrir a importância da pronúncia, mesmo que você ainda nem tenha planos de fazer o curso regular.

  • O AR Introdutório: adequado para leigos no assunto

    Por ser um curso muito curto e de preço muito acessível, este é o curso ideal para o "aluno/professor" totalmente leigo em pronúncia que busca dar seus primeiros passos nesse palpitante assunto, e inclusive para alunos dedicados de inglês que já atingiram nível intermediário de comando do idioma.

  • Abaixo ou acima do meu nível de conhecimento?

    Na medida certa tanto para quem não conhece nada sobre pronúncia, quanto para quem já fez algum curso de pronúncia fora do Brasil, ou teve fonética na faculdade de Letras ou Tradução. Até quem já sabe muito aprende coisas novas neste curso.

  • Desmitificando o assunto pronúncia

    Ministrado em inglês, porém numa linguagem muito simples para que o leigo possa aprender como começar a melhorar sua pronúncia, e para que o "aluno/professor" descubra como facilitar o assunto para seus alunos.

  • O que eu ganho fazendo um curso tão curto?

    Dicas preciosas. Em apenas cinco horas o professor aprende os conceitos fundamentais para começar não só a melhorar sua própria pronúncia, como também, a ensinar seus alunos com muito mais eficiência.

  • Divisor de águas

    É assim que muitos professores que começam a aprimorar a pronúncia na Summit for Teachers descrevem o Introductory Pack e o curso regular de Accent Reduction: "Divido minha carreira de professor inglês em duas fases: ANTES e DEPOIS do Accent Reduction da Summit".

Curso de Pronúncia para Professores de Inglês | Accent Reduction

  • Descrição do Curso

    Curso 100% prático que conscientiza o "aluno/professor" sobre as transferências que fazemos do português ao falarmos inglês. São essas transferências que fazem nossos alunos terem dificuldade em se fazerem entender por falantes nativos de inglês. Elas também empobrecem o "listening comprehension" de falantes brasileiros de inglês.

  • Como o Accent Reduction for Teachers of English muda efetivamente a pronúncia dos professores de inglês.

    Pela conscientização das transferências do português.

    Pelas práticas orais focadas na redução ou eliminação das transferências.

    Pela determinação de Monica Magri em garantir que os professores consigam perceber as diferenças de como soavam antes e aprendam como devem passar a soar.

    Pela forma objetiva, prática e simples, livre de termos técnicos e acadêmicos como o curso é conduzido.

  • O desejável "efeito colateral" do Accent Reduction da Summit

    Ao descobrir como "soava" e como "passou a soar", o "aluno/professor" aprende a ouvir as inadequações de seus próprios alunos, e quando faz o curso com diligência e assiduidade, torna-se então um multiplicador da pronúncia inteligível do inglês. Desta forma, o "aluno/professor" aumenta a inteligibilidade de seu aluno, que invariavelmente melhora sua fluência e seu "listening comprehension".

  • Não tema os símbolos fonéticos!

    Eles NÃO são o foco do curso. O Accent Reduction NÃO é um curso de fonética. É um curso para se "re-aprender" a falar inglês sem o sotaque carregado que em geral o brasileiro tem. Ou seja, é um curso de redução das marcas que atrapalham e impedem a comunicação eficiente do brasileiro ao falar inglês.

  • Não quero perder o meu sotaque brasileiro! Os estrangeiros gostam!

    Não tema! É muito raro alguém perder 100% de seu sotaque na língua estrangeira. Não é impossível, claro, mas custa muito esforço, e não é necessário ter sotaque "zero" para ser inteligível.

  • "The best of both worlds"

    Você sempre terá o charme do seu sotaque, mas ele deixará de ser uma barreira para a comunicação rápida e eficiente. É um duplo ganho: você aumenta a inteligibilidade sem perder o charme que quer manter.

Próximos Cursos

Descubra mais sobre comunicação inteligível em língua estrangeira.

  • O que é inteligibilidade?

    É a capacidade de falar (ou escrever) de modo perfeitamente claro para ser entendido com facilidade e sem qualquer esforço por parte do falante nativo que ouve um estrangeiro falar o seu idioma.

  • O que é mais importante? A gramática adequada ou a inteligibilidade (boa pronúncia)?

    Os dois são importantes. Porém, enquanto a adequação gramatical impacta o prestígio social, a inteligibilidade impacta a comunicação.

    Pense, por exemplo, no caso da nossa língua pátria: falar português "errado" denota ou relaxo com o idioma ou ter recebido uma educação precária, mas a comunicação se estabelece a despeito dos erros. No entanto, se a pronúncia da pessoa com quem falamos é muito diferente da nossa, teremos dificuldade muito maior em entendê-la, o que pode impedir ou no mínimo, retardar a comunicação.

  • Um exemplo prático de falta de inteligibilidade: "Burajiru".

    Sabe o que significa "Burajiru"?

    "Burajiru" é Brasil, pronunciado sem inteligibilidade por um aluno japonês aprendendo português. Ou seja, com um sotaque que não foi identificado nem corrigido por quem lhe ensinou português. E que talvez você não teria identificado como Brasil sem ler a explicação.

  • Entenda a origem do sotaque em "Burajiru"
    1. Bura: em japonês não existem encontros consonantais com R (br, cr, tr etc), então ao pronunciar br em Brazil, eles incluem a vogal "U" entre B e R": bura.
    2. ji: em japonês não existe o som do Z, então o cérebro do falante japonês que aprende português, leva o Z para o som mais próximo que ele encontra, o J. Então em vez de "/zi/", ji.
    3. ru: o "l" não existe em japonês. Entao ao ler a letra L, o aprendiz japonês transforma o L em R.
    4. Burajiru: mas porque "ru"? você deve estar pensando. Pela mesma razão que nós brasileiros acrescentamos algo parecido com o som da vogal I, quando dizemos hoti-dogui (hot-dog), por exemplo. Quantas palavras terminam e T ou G mudos em português? Nenhuma. Então fazemos a "transferência" na hora de pronunciarmos o T e o G "mudos".
  • Por que a "transferência" atrapalha a comunicaçao com o nativo?

    Porque as palavras não "colam". O falante nativo espera ouvir as palavras de uma forma padronizada e o estrangeiro as pronuncía de outro, muitas vezes completamente diferente, como no caso do BURAJIRU.

  • A "transferência" pode até impedir a comunicaçao com o nativo.

    Quanto mais rápido o estrangeiro falar com "transferências", mais difícil será para o nativo seguir o fluxo do que está sendo dito, porque a cada palavra o nativo precisa fazer mais esforço para acompanhar o fluxo da fala do estrangeiro. Até o ponto em que o nativo desiste porque já não entende mais nada e não sabe o que responder.

  • Como evitar que o nativo "fuja" de mim?

    Dizem alguns executivos: "Na apresentação todos me entendem, mas no social, fogem de mim". Poupe o esforço do nativo para entender você, aprendendo inglês em aulas particulares na Summit, ou tendo aulas com os professores que tenham concluído (com louvor) o curso de Accent Reduction da Summit for Teachers.

  • E se eu não tiver um professor que tenha feito Accent Reduction na Summit for Teachers?

    Então é essencial você verificar "como soa o seu professor de inglês". Se ele/a também falar inglês com interferência do português, há duas consequencias naturais e indesejáveis: você absorverá os erros do professor/a e serão grandes suas chances de ter dificuldade de entender e se fazer entender em inglês por nativos.

Curso de Pronúncia para Professores de Inglês